Sobre nós

Chroma - uma equipe diferente!!

O nome Chroma e o logotipo do projeto refletem os nossos ideais: pessoas de diferentes jeitos, com diferentes idéias, mas unidas pela mesma visão de mundo.

O Projeto Chroma teve início em Julho de 2010, com o objetivo de produzir um fanzine entre amigos. A equipe pretendia produzir uma revista contando uma história criada por todos os integrantes. Pouco depois, esta idéia foi descartada e seus fundadores passaram a se dedicar a suas próprias histórias, transformando o Chroma em uma pequena cooperativa onde seus integrantes se auxiliam na criação de suas revistas.

Com o tempo, o projeto ganhou força e amadureceu, passando a ter por objetivo produzir histórias voltadas para críticas sociais (sejam elas ambientais, econômicas, culturais, etc). A equipe não possui fins lucrativos, usando o dinheiro obtido com as vendas das revistas para custear material de desenho, ministrando oficinas gratuitas para crianças e jovens em eventos e em locais de apoio a comunidade carente. O principal objetivo a longo prazo da equipe é a criação do Studio Chroma, onde não somente as histórias possam ser produzidas com melhor qualidade, mas também seja um local onde crianças e jovens possam aprender arte gratuitamente.

O Projeto Chroma passou a ser divulgado publicamente a partir de Março de 2012, com o lançamento do Volume 01 de Bandeirinha - Os Tesouros da Mãe Terra. Em seis anos, o Chroma participou de vários eventos importantes de quadrinhos: a Fanzinada (quatro edições em São Paulo, duas em Santo André, duas em São Bernardo do Campo, uma em Bauru, uma em Santos, e uma em São Caetano do Sul), a Fest Comix, a Ugra Zine Fest, a Jornada Cultural em Santo André, o Fanzine Santos, o Brasil Comic Con (no Anime Friends), o Festival Guia dos Quadrinhos, a Feira Plana no MIS (Museu da Imagem e do Som de São Paulo), a Comic Con Experience e o FIQ (Festival Internacional de Quadrinhos).

Conheça os integrantes do Projeto Chroma:

                                                                         

Alexandre Garcia: graduado em Direito pela Universidade de Mogi das Cruzes, com formação em Desenho Artístico pela ABRA (Academia Brasileira de Artes). Suas verdadeiras paixões sempre foram a literatura, o cinema (principalmente filmes de terror e "noir") e, especialmente, as histórias em quadrinhos, com as quais aprendeu a ler quando ainda tinha 03 anos de idade. Seus ídolos, entre outros, são John Buscema, Jack Kirby, Milo Manara, Serpieri, Rodolfo Zalla e Mozart Couto, cuja arte procura estudar para aprimorar o próprio trabalho. Através de suas principais publicações, “Crônicas de Piápolis” e "Capitão Delta", procura transmitir a sua maneira de refletir sobre o sentido da vida e o papel da arte em nosso mundo. Ilustrou o livro "A Condessa de Picaçurova", indicado ao Prêmio Paulista de Literatura em 2013.

                                                                         Thiago

Thiago Silva: graduado em Ciências da Computação pela PUC-SP, pós-graduado em Docência para o Ensino Superior pela Faculdade Drummond, com formação em Transformational Design Thinking pela PUC-SP, em Direção de Arte pela Impacta, em Desenho pela ABRA (Academia Brasileira de Artes), em Webdesign pela Saga e em Comunidades Sustentáveis pela Ecovila Clareando. Sempre estudando sobre aprendizagem interativa, Thiago é o criador dos projetos "Bandeirinha – Os Tesouros da Mãe Terra", "Dragão Negro" e "Ônix", aos quais se dedica desde Outubro de 2008. Através das publicações relacionadas a estes projetos, busca proporcionar momentos de reflexão a respeito da importância de nosso papel enquanto filhos e filhas de nossa querida Mãe Terra. Atuou como roteirista do projeto "Protocolo: A Ordem", que reuniu vários heróis brasileiros, foi financiado com sucesso através do Catarse e venceu o 33º Troféu Ângelo Agostini na categoria Melhor Lançamento Independente de 2016. Ministrou palestras sobre quadrinhos para o Senac, para a RedZero e para a Caixa Econômica Federal, para a qual também foi convidado a desenvolver um projeto de quadrinhos que será publicado em breve.

                                                                         Natalia

Natalia Lhen: graduada em Design Gráfico e Licenciatura em Artes pela FMU, com formação em Desenho Artístico pela ABRA (Academia Brasileira de Artes). Ama ministrar aulas, também adora desenhar e assistir muitos seriados e animes! Grande fã dos mangás e animes de Osamu Tezuka e do ilustrador Yoshitaka Amano, curtindo muito seu trabalho feito com nanquim e aquarela. Acha o máximo os trabalhos de Zoe Lacchei. Adora modelagem e escultura. Em sua vida busca trabalhar com criatividade e estar sempre envolvida no mundo artístico, por isso também utiliza os quadrinhos para se expressar, procurando recorrer a temas que envolvam sobrenatural, fantasia e ficção. Expôs seus trabalhos na Casa das Rosas durante em evento sobre o Dia Internacional da Mulher.

                                                                         Osmar

Osmar Menezes: graduado em Artes Plásticas pela Faculdade Paulista de Artes. Um grande fã de games, desenhos animados e quadrinhos, Osmar é conhecido pelos seus traços puros e personagens alegres. Iniciou o projeto "Os Magimelódicos" através do grupo Fanzines nas Zonas de Sampa, e atualmente o desenvolve com os amigos do Chroma. Seus maiores ídolos são Shigeru Miyamoto, Roberto Goméz Bolaños, Ziraldo, Hanna e Barbera, procurando fazer o máximo para absorver a sabedoria deles. Também tem tendência a criar coisas inusitadas, buscando fugir dos clichês e plágios cada vez mais comuns. Pretende, com suas publicações, mostrar ao mundo suas reflexões sobre a vida, especialmente sobre as relações humanas.

                                                                         Claudia

Claudia Medeiros: graduada em Ciências Contábeis pela UNIESP, sempre visualizou o desenvolvimento de projetos sociais como o melhor caminho para a ajuda ao próximo. Possui grande paixão pela natureza, pela simplicidade voluntária e pelas artes (em particular pela literatura, por quadrinhos e por animações). Seu ingresso no Projeto Chroma ocorreu após conhecer um dos seus idealizadores (Thiago Silva), com quem divide as alegrias, preocupações, ideais e vontade de que tudo ao que se dedicam tenha um resultado positivo. Da equipe, ela é a única que não possui a veia artistica e que não publica obras, mas é a “artista dos números” do Chroma, cuidando da estrutura contábil e administrativa de todo o projeto.

                                                                         Wellington

Wellington Santos: possui formação em desenho publicitário, com atuação na área por mais de 20 anos. Mineiro de Belo Horizonte, participou de vários grupos de quadrinhos na cidade e conheceu diversas técnicas de produção das revistas. Roteirista, desenhista e criador do personagem "Vulto", publicado em revista própria editada inicialmente pela WHQ (selo próprio do autor), posteriormente pela Júpiter II e atualmente pelo Chroma. Participou também de todas as edições do FIQ (Festival Internacional de Quadrinhos) realizadas em BH, produziu ilustrações e capas para outras publicações, dentre elas histórias para os álbuns "AQC 100 Vezes" e "Destemido", contando histórias reais de um veterano da II Grande Guerra..

                                                                         Thina

Thina Curtis: referência nacional e latino americana nos fanzines. Divide-se entre a militância, ativismo social e cultural e sua paixão os Fanzines. Autodidata, iniciou seus conhecimentos dentro da banca de jornal do pai no ABC Paulista, começando a ler  por influência dos quadrinhos e jornais. Foi líder comunitária ainda na adolescência percebendo que a arte e o conhecimento fazem a diferença na vida principalmente dos jovens em formação. Arte educadora, poetisa, produtora cultural, artista plástica, documentarista, roteirista, resenhista. Edita o fanzine "Spell Work" há 13 anos, além do Fanzine "Café Ilustrado" em parceria com Fabi Menassi, vencedor do 33º Troféu Ângelo Agostini (na categoria Melhor Fanzine Sobre Quadrinhos). Participou das obras "AQC 100 Vezes", "Só Mulherada", "Lápis Batom" e a argentina "Turquai". Realiza trabalhos artísticos pedagógicos em escolas e ongs. Participou de diversas antologias poéticas. Coordenadora da Fanzinada, atuante em várias cidades do país e indicada em 2013 ao premio Troféu HQ MIX na categoria Melhor Evento. Produziu e fez curadoria de diversas exposições culturais, sendo que uma das mais recentes foi uma mostra de Fanzines e Ilustrações  na Casa das Rosas em São Paulo, e uma das mais marcantes com a Fanzinada foi realizada no Masp, onde a fez uma intervenção na exposição "De Dentro e de Fora/Inside Out Outside In" da artista nova iorquina Swoon e sua obra Acampamento Ersilia, obra itinerante artística que passou por vários países. Participou da 1° Semana de Arte Urbana de Uberaba/MG e do 1° Festival de Arte e Cultura do Tejuco/MG. É autora do artigo Fanzines na Medida Socioeducativa do livro Arte na Medida. Responsável pelas festividades do Dia Internacional do Fanzine pela primeira vez no Brasil, e posteriormente também pelo tombamento do Dia Nacional do Fanzine. Como artista e educadora social, busca dividir com os outros sua forma de ver e de interagir com o mundo. Seus trabalhos e projetos são recortes de várias realidades que percebe ou interage.

 
 

Redes Sociais!

 

   Facebook     Twitter     Forum        

   DeviantART

  •     

 

 

 

 

 

Nossos Parceiros!

 

Fanzinada

Jupiter II

Jupiter II

Clube de Autores